20/04/2014
domingo

Boa Páscoa! ...

Leia mais

 
 
 
 
 

 

 

Luto, dor e omissão criminosa
27/10/2011
 
Dois meses de luto, dor e omissão criminosa das autoridades. Parado há exatos 60 dias, após uma anunciadíssima tragédia que matou seis pessoas e feriu 56, o bondinho de Santa Teresa segue motivando as mais estapafúrdias e desrespeitosas “iniciativas” do poder público. Em audiência no Tribunal de Justiça, em 18/10, a Central, empresa que administra o veículo, pediu para adiar novamente a apresentação do Plano de Ação para a volta de funcionamento do meio de transporte, que é alma, nervo e vida do bairro. As medidas serão anunciadas somente no final de novembro, por falta de conhecimento técnico suficiente, segundo a empresa.
 
Os moradores que acompanharam a audiência também se surpreenderam com a presença de Sebastião Rodrigues, que havia sido afastado da presidência da Central logo após o acidente. Rodrigues ocupa, agora, a função de subsecretário dos Transportes! A reivindicação do movimento de que o secretário Júlio Lopes seja afastado do cargo, por visível incapacidade de permanecer na função, sequer é avaliada pelo governador, que nunca se pronunciou publicamente sobre isso. Na próxima segunda-feira (31/10), a Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj) realizaria uma audiência pública para discutir o bondinho. Desta vez, Júlio Lopes foi CONVOCADO, e teria a obrigação de comparecer. Mas, absurdamente, a audiência pública foi cancelada sem explicações e com a conivência dos membros da Comissão de Transporte da ALERJ.
 
Outras denúncias feitas durante a última semana também causam espanto. O Delegado que apurava o acidente foi transferido sem qualquer explicação convincente. Nos últimos anos, dois ou três bondinhos teriam sido enviados para a TTRANS, pela Central, para que seja elaborado um veículo reproduzindo a carcaça do bonde tradicional, e com mecânica semelhante à do Veículo Leve sobre Trilhos (VLT), que não conseguiu circular nem um mês no bairro, devido a acidentes provocados. E o que é mais grave: os outros veículos – cerca de 18 – teriam sido doados como sucata! Para piorar ainda mais o quadro, a ONG que teria recebido essa “sucata” é a RioSolidário, cuja presidente de honra é a primeira dama Adriana Ancelmo.
 
Cinco bondinhos continuavam operando sem manutenção, até 27 de agosto, data da tragédia, a exemplo do que causou o acidente, o número 10. O grave quadro se torna ainda pior pelo fato de o bondinho ser tombado como Patrimônio Histórico. As denúncias estão sendo analisadas pelo Ministério Público. Enquanto isso, a população de Santa Teresa permanece sendo obrigada a pegar o ônibus, cinco vezes mais caro. Embora a sucessão de tragédias no Rio de Janeiro acabe fazendo com que a dor anterior seja costumeiramente deixada de lado, não podemos esquecer nunca da crise do bondinho, a tragédia mais anunciada da história recente na cidade.
 
Hoje, 60 dias após o terrível acidente provocado pelo descaso criminoso do Poder Público, e nos próximos dias, acontecerão diversas atividades, organizadas pela Associação de Moradores e Amigos de Santa Teresa (AMAST) e pelo Fórum Permanente do Bondinho de Santa Teresa (FBPST):
 
1) 5a. feira, MARCO 27 DE OUTUBRO – DOIS MESES SEM BONDINHO
16:00 – DOBRE DOS SINOS DAS IGREJAS E CHUVA DE PÉTALAS NO LOCAL DO ACIDENTE.
15:30 – PRESSÃO PELA CPI DO BONDE: ida de um grupo de ativistas à ALERJ pressionar o presidente da casa a convocar a CPI do bonde.
HOMENAGEM PÓSTUMA AO MOTORNEIRO NÉLSON NA ALERJ, COM A PRESENÇA DE SEUS FAMILIARES.
16:00 – COMÉRCIO CERRA AS PORTAS: O comércio do Largo do Curvelo ao final da Paschoal Carlos Magno fechará as portas por 10 minutos.
19:30 – INAUGURAÇÃO DO PLACAR DO BONDINHO: assinalando o número de dias que estão se passando sem o nosso bonde e panelaço para acordar a justiça e o governo. Concentração às 19:30 no Largo do Guimarães. Não esqueçam de trazer suas panelas, frigideiras e caçarolas. São dois meses sem bondinho e sem conclusão do inquérito policial!!
 
2) SÁBADO, 29/10 - ENSAIO DO BLOCO BONDE DE LUTA:
Das 16hs ás 19 horas, no Largo das Letras (Casarão do Guimarães): ensaio do bloco bonde luta, que divulgará e buscará apoio da população da cidade nas comemorações do Dia da Cultura, na feira do Lavradio, dia 05 de novembro.
 
3) DOMINGO, 30/10 - CONCENTRAÇÃO NO POSTO 12 – LEBLON
Às 10 hs.  Presença do Movimento em Defesa do Bondinho, em solidariedade à manifestação dos bombeiros diante da residência do governador Sérgio Cabral.
 
4) 2ª FEIRA, 31/10 – AUDIÊNCIA PÚBLICA NA ALERJ, COM JÚLIO LOPES CONVOCADO:
13h. Comparecimento em massa dos moradores à audiência pública para qual o (ainda) Secretário de Transportes Júlio Lopes dessa vez foi convocado. É importantíssimo o comparecimento do maior número de moradores possível, com suas faixas e cartazes.
 
5) SÁBADO, 05 DE NOVEMBRO – GRANDE CARNAVAL DO BLOCO BONDE LUTA:
Às 16h. Grande Carnaval do bloco bonde de luta. Concentração na Fundição Progresso ou esquina da rua do Rezende com Lavradio (a confirmar). Vamos divulgar nossa luta e pedir apoio da população que estará na feira do lavradio participando das comemorações do dia da cultura. Vamos com nossa criatividade denunciar o desrespeito por um dos maiores patrimônios culturais dessa cidade: o bondinho de Santa Teresa.

 

 

 

início | cidadão | notícias | agenda | artigos | fotos | vídeos | links | boletim | pronunciamentos | fale conosco | deu na mídia